Sobre cinema

Gosto de cinema. Gosto essencialmente de cinema Indie. De cinema europeu, do genial cinema europeu. Fascina-me o cinema francês, as sempre excelentes prestações de Romain Duris, de Louis Garrel ou das maravilhosas Ludivine Sagnier e Audrey Tautou. As realizações de Christophe Honoré. No meio de tantos e tão bons. Encantam-me as cores berrantes e as loucuras geniais de Almodóvar. Os sotaques estranhos da Penélope Cruz e do Banderas. Cécile de France, Léa Seydoux, Mélanie Laurent… O sotaque britânico – que acho que nunca vou conseguir pronunciar com a perfeição que merece. A Keira Knightley, o Jude Law. Gosto do cinema português, faz-se muito bom cinema em Portugal, embora pouco reconhecido. Embora pouco reconhecido por muitos portugueses, e isso é de lamentar. Joana de Verona, Canijo, Rita Blanco, entre tantos nomes nossos. Admiro Woody Allen, Lars Von Trier, Christopher Nolan, outros tantos. O Darren Aronofsky, o Tim Burton e tenho uma quase obsessão pela Sofia Coppola, Nadine Labaki, Godard ou Hitchcock. Gosto. Adoro cinema. O que me comove, que me arranca gargalhadas, o que me faz pensar, os humores inteligentes, sarcásticos, as comédias loucas e os dramas aclamados em minoria. Quase sempre em minoria. Dispenso uma grande – gigante – parte dos ditos hollywoodescos, a aclamada – not for me – cultura de consumo. São poucos os que aprecio. Porque não é só Hollywood que me fascina, é o cinema que me fascina. Ovações a Hepburn e aos Clássicos. A Meryl Streep, a Portman, a Scarlett Johansson, a Helena Bonham Carter, a Hillary Swank, a Ellen Page e à pequena grande Saoirse Ronan. A tantas mais. Ao Matt Damon, Johnny Depp, DiCaprio, ao Josh Radnor (como actor e realizador), ao Jonathan Rhys Meyers, a Tom Hanks ou a Patrick Wilson. A tantos mais. Vou tirar sempre o chapéu diante a um filme com a marca de Clint Eastwood e vou ter sempre uma crush pela Kirsten Dunst. Tema com pano para muitas mangas.

3 thoughts on “Sobre cinema”

  1. Senti essa paixão toda agora, Carmen <3 e concordo plenamente. Um amor especial para o francês; film noir sendo, eternamente, das melhores coisas que ficaram para a história do cinema (como não morrer de amores pelo Godard?). De resto, não consigo não partilhar dessa paixão (exactamente por todos os que mencionas aí). xx

    Like

  2. Senti essa paixão toda agora, Carmen <3 e concordo plenamente. Um amor especial para o francês; film noir sendo, eternamente, das melhores coisas que ficaram para a história do cinema (como não morrer de amores pelo Godard?). De resto, não consigo não partilhar dessa paixão (exactamente por todos os que mencionas aí). xx

    Like

  3. Acho que hoje em dia somos praticamente “obrigados” a ver cinema americano de Hollywood. Isso seria uma coisa boa se a maior parte dos filmes fossem bons mas, pelo que eu tenho percebido, hoje em dia faz-me muito filme apenas para ter sucesso e vender mesmo sendo sem qualquer conteudo… Por causa disso há muitos que são excelente e são desvalorizados, quase ninguém conhece :s

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s